Palestra: A evolução do comportamento ambiental dos grandes produtores de soja na Amazônia Legal (1985-2015): eficácia das políticas públicas ambientais ou mudança de valores?

Início >> Evento >> Palestra Evolução do Comportamento Ambiental Dos Grandes Produtores de Soja Na Amazônia Legal
Data: 
quinta-feira, 10 Maio, 2018 - 15:00 até 17:00

A EVOLUÇÃO DO COMPORTAMENTO AMBIENTAL DOS GRANDES PRODUTORES DE SOJA NA AMAZÔNIA LEGAL (1985-2015): EFICÁCIA DAS POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS OU MUDANÇA DE VALORES?

Palestrante: Martin Delaroche, Universidade de Indiana

10 de maio 2018
15h00
sala da ANP - prédio S - IEE/USP - Av. Prof. Luciano Gualberto, 1.289 - Cidade Universitária, Butantã, São Paulo

 

O objetivo do evento é discutir um tema atual e relevante para o debate sobre desenvolvimento sustentável no Brasil, e tem como público-alvo alunos de pós-graduação do IEE e de outras unidades da USP, bem como gestores públicos e profissionais de organizações não-governamentais ambientalistas. 

O desmatamento na Amazônia volta a ganhar destaque no debate político atual, frente aos interesses envolvidos no avanço da fronteira agrícola. O cenário aponta para uma reversão na tendência de redução na taxa de desmatamento na região, induzida por políticas públicas ambientais e pelo aumento na eficiência do monitoramento ocorridos nas últimas décadas. Todavia, a avaliação da influência de cada um desses vetores no comportamento dos grandes produtores agrícolas na redução do desmatamento é prejudicada pela implementação de múltiplas políticas públicas e iniciativas relativas às cadeias de suprimentos de commodities agrícolas. Além disso, as taxas de desmatamento não caíram de forma homogênea em toda a região, sendo que em alguns locais houve um incremento nos últimos anos, levantando dúvidas sobre a eficiência das políticas ambientais em influenciar o comportamento dos atores locais e conter o desmatamento.  

Em sua palestra, baseada em um estudo de caso com os grandes produtores de soja do Mato Grosso, Martin Delaroche discute como estes atores são marginalmente afetados pelas políticas públicas ambientais e variações no cenário econômico, ressaltando a importância de sua identidade, seus valores e suas características socioeconômicas para explicar seu comportamento ambiental e os padrões observados de conversão do uso do solo (1985-2015). Neste sentido, uma parte importante da vegetação nativa foi preservada nas propriedades desses produtores e pode-se observar a adoção de várias “boas práticas” agrícolas, indicando uma mudança do comportamento ambiental desse grupo. 

Martin Delaroche é formado em direito internacional e economia aplicada pela Universidade Paris 1 (França). Atualmente, é aluno de doutorado em Public Affairs na School of Public and Environmental Affairs (SPEA) da Universidade de Indiana, Bloomington (EUA), com cotutela em Geografia com o Centre de Recherche et de Documentations sur les Amériques (CREDA), da Université Paris 3 Sorbonne-Nouvelle (França). Ele é também afiliado ao “Vincent and Elinor Ostrom Workshop in Political Theory and Policy Analysis” da Universidade de Indiana. Sua pesquisa trata dos grandes produtores de soja no Estado de Mato Grosso e procura entender a evolução do comportamento ambiental destes atores, da época da colonização agrícola privada da Amazônia (1970-1980) até hoje. Para isso, entrevistou mais de 100 produtores em 9 meses, e usou métodos de pesquisa mistos (quantitativos e qualitativos), o que permitiu avaliar a influência tanto das políticas públicas ambientais como dos valores ambientais dos produtores sobre o uso da terra. Email: mdelaroc@umail.iu.edu