Histórico de Eventos

Início >> Extensão >> Eventos >> Historico

Seminário Cultura de Segurança e Desastres - Experiências Nacionais e Internacionais

Data: 
segunda-feira, 16 Outubro, 2017 - 09:30

Seminário CULTURA DE SEGURANÇA E DESASTRES - EXPERIÊNCIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

16 outubro 2017
09h30 às 17h00
auditório do IEE/USP - Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289 - Cidade Universitária, São Paulo
inscrições exclusivamente por email para comunicacao@iee.usp.br enviando nome/email/cargo/instituição
evento gratuito e aberto ao público interessado, sem pré-requisito
 

O Seminário busca apresentar e discutir experiências de culturas de segurança e estratégias em zonas urbanas brasileiras que convivem com o risco de desastres naturais. O objetivo é promover a aprendizagem social para a segurança com o fim de complementar o gerenciamento de infraestrutura e técnico relativos a desastres. No contexto das mudanças climáticas estima-se que aumenta o risco da incidência de eventos extremos meteorológicos, especialmente em áreas urbanas. É necessário aumentar a preparação e troca de conhecimentos entre planejadores urbanos, gerentes de desastres, comunidade, estudantes e docentes.

O evento é desdobramento do Projeto de Pesquisador Visitante Especial “Culturas de Segurança e estratégias em zonas urbanas brasileiras face aos desastres naturais”, desenvolvido no IEE/USP (2015-2018), com financiamento da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

 

PROGRAMAÇÃO

Manhã   09h30-12h30

09h30 - Abertura dos trabalhos

09h45 - Apresentação do Projeto, Pedro Roberto Jacobi, IEE/USP

10h00 - Participação social e projetos de gestão de riscos ambientais, Antonio Aledo-Tur, Universidade de Alicante, Espanha

10h30 - Reflexões sobre experiências relacionadas com cultura e segurança e os recentes eventos extremos, Jeroen Warner, Universidade Wageningen, Holanda

11h15 - intervalo

11h30 - Apresentação da experiência de Blumenau, SC, Rafaela Vieira, Universidade Regional de Blumenau e depoimento de Jorge Corrêa, Presidente da Associação de Moradores de Blumenau, SC

12h00 - Debate

Tarde  14h00-17h00

14h00 - Apresentação da Roda de Conversa sobre cultura de segurança e estratégias em zonas urbanas face aos desastres naturais – prevenção, respostas e recuperação a partir de vários olhares, Samia N. Sulaiman, IEE/USP

14h15 – Campo Acadêmico-Científico – Kátia Canil, Universidade Federal do ABC

14h30 - Defesa Civil, Luis Antonio Neves Costa, Defesa Civil de São Bernardo do Campo, SP

14h45 - Comunicação de Riscos – Cilene Victor da Silva, Fundação Cásper Líbero

15h00 - Educação, Rachel Trajber, CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais

15h15 - Debate

17h00 - Encerramento

 

Treinamento sobre a NBR 5419:2015 Proteção Contra Descargas Atmosféricas

Data: 
segunda-feira, 9 Outubro, 2017 - 08:00 até quarta-feira, 11 Outubro, 2017 - 18:00

TREINAMENTO SOBRE A NBR 5419:2015 PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS

9, 10 e 11 outubro 2017
8h00 às 18h00
Natal, RN - Hotel e Suites Vila do Mar

Treinamento ministrado pelo Dr. Hélio Eiji Sueta (Chefe adjunto da Divisão Científica de Planejamento, Análise e Desenvolvimento Energético do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo; Secretário da CE 6410 do COBEI (Comissão de Estudos da ABNT que revisou a NBR 5419); Representante brasileiro no TC 81 da IEC (Lightning Protection).

Carga horária: 27 (vinte e sete) horas

Descrição
O treinamento aborda os aspectos da proteção de estruturas, pessoas e equipamentos contra os efeitos das descargas atmosféricas. Descreve os procedimentos da norma brasileira (versão 2015) e da internacional e prepara os alunos para projetos, especificação, inspeções e manutenção de sistemas de proteção. É indicada principalmente para alunos das engenharias elétrica e civil, atendendo também arquitetura e técnicos da área elétrica. Será disponibilizada uma planilha de análise de risco de acordo com a NBR 5419-2:2015 aos participantes.

Investimento
R$ 1.300,00 (um mil e trezentos reais) por participante, que deverá ser depositado em nome do Instituto de Energia e Ambiente da USP, CNPJ 63.025.530/0042-82 (Banco do Brasil agência 7009-2, conta corrente 130411-9). Antes do depósito, favor enviar email para planejamento@iee.usp.br para verificar a disponibilidade de vaga. Caso positivo, efetuar o depósito e encaminhar cópia do comprovante e os seguintes dados: nome, email e telefone preferenciais para o mesmo planejamento@iee.usp.br. Telefone para contato em caso de dúvida é o da Divisão - 11 3091-2631.

Notas Importantes

  1. Uma vez efetuado o depósito em nome do IEE/USP não haverá possibiildade de devolução de nenhum valor.
     
  2. Quem já adquiriu o TUPAN 2015 (Planilha de Análise de Risco) terá um desconto de R$ 400,00 (quatrocentes reais) a ser descontado do valor da inscrição.
     
  3. No período de 02 a 06 outubro 2017 ocorrerá no Hotel e Suites Vila do Mar o XIV Simpósio Internacional de Proteção contra Descargas Atmosféricas - XIV SIPDA - que é um evento bienal de natureza técnico-científica organizado pelo Instituto de Energia e Ambiente - IEE/USP em parceria com o Institute of Electrical and Eletronics Engineers - IEEE, que abrange todos os aspectos relativos a descargas atmosféricas, desde o fenômeno físico, sua caracterização e efeito, até técnicas de medição e proteção. (http://www.usp.br/sipda). Participantes do SIPDA terão 50% de desconto no valor da inscrição do treinamento em Natal.

Material que será entregue ao Participante

  • DVD com as apresentações em PDF utilizadas no treinamento (mais de mil slides);
  • Tutorial do TUPAN 2015 - vídeo aula com aproximadamente 60 minutos;
  • TUPAN 2015 - Planilha de análise de risco;
  • Cópia de trabalhos técnicos publicados em congressos  - aproximadamente 50 trabalhos originais sobre o tema do treinamento;
  • Cópia da Tese de Doutorado do ministrante referente ao "Uso de Componentes Naturais em SPDA";
  • Catálogos digitais de fabricantes de DPS;
  • Aplicativo para cálculo da Área de Exposição e equivalente (para Android);
  • Livros digitais sobre o assunto;
  • PPT de descargas atmosféricas.

 

XIV SIPDA - Simpósio Internacional de Proteção contra Descargas Atmosféricas

Data: 
segunda-feira, 2 Outubro, 2017 - 08:00 até sexta-feira, 6 Outubro, 2017 - 18:00

XIV SIPDA - Simpósio Internacional de Proteção contra Descargas Atmosféricas

02 a 06 outubro, 2017

http://www.usp.br/sipda

O SIPDA - Simpósio Internacional de Proteção contra Descargas Atmosféricas - é um evento bianual de natureza técnico-científica organizado pelo Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo - IEE/USP, em parceria com o Institute of Electrical and Electronics Engineers - IEEE, que abrange todos os aspectos relativos a descargas atmosféricas, desde o fenômeno físico, sua caracterização e efeitos, até técnicas de medição e proteção. 

O Simpósio é o mais tradicional dessa área na América Latina e se constitui em um dos principais fóruns de apresentação, discussão e difusão das técnicas mais modernas relativas à proteção e aterramento contra descargas atmosféricas e seus efeitos, promovendo o intercâmbio de conhecimentos entre diversas instituições, do Brasil e do exterior, que desenvolvem estudos relacionados ao tema, promovendo grande troca de experiências entre pesquisadores, alunos e profissionais do setor.

Serão alguns dos temas abordados no evento:

·       Física e caracterização das descargas
·       Sistemas de detecção e localização de descargas atmosféricas
·       Proteção de linhas de transmissão e de subestações
·       Proteção de redes de distribuição de média e de baixa tensão
·       Proteção de estruturas e instalações
·       Proteção de sistemas eletrônicos e de telecomunicações
·       Aterramentos elétricos
·       Compatibilidade eletromagnética
·       Proteção de equipamentos
·       Testes e normalização
·       Acidentes e prejuízos causados por descargas atmosféricas

O XIV SIPDA será realizado no hotel eSuites Vila do Mar, em Natal, Rio Grande do Norte. A língua oficial do evento é o inglês e haverá tradução simultânea para o português. A secretaria do evento pode ser contatada pelo e-mail sipda@iee.usp.br e pelos telefones (11) 3091-2579 e 3091-2577.

As seguintes palestras já estão confirmadas!!

·       Can Grounding Affect Lightning? 
        Prof. W. A. Chisholm, University of Toronto, Canada

·       Direct and Indirect Lightning: Their Impact on the Performance of Electric Distribution Systems 
        Prof. C. A. Nucci, University of Bologna, Italy

·       New Insights into the Lightning Attachment Process
        Prof. V. A. Rakov, University of Florida, USA

·       Lightning Performance of Apparatus and Effects of Lightning Protective Devices for
        Power Distribution Lines 

        Prof. S. Yokoyama, Japan Transport Safety Board, Japan

·       Electromagnetic Fields of the Transmission Line Model as a Vehicle To Estimate the Magnitude of
        the Elementary Charge

        Prof. V. Cooray, Uppsala University, Sweden

·       The History of Lightning Detection and Location in Brazil
        Dr. O. Pinto Jr., National Institute for Space Research, Brazil

O XIV SIPDA conta com o apoio da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE.

Workshop Dialogue between Brazil and Denmark on pros of biogas/biomethane production and applications

Data: 
quinta-feira, 24 Agosto, 2017 - 09:00 até 18:00

O Workshop teve como foco principal a discussão sobre barreiras e possibilidades do uso de biogás/biometano como fonte de energia sustentável no Brasil e é destinado aos agentes envolvidos no setor energético brasileiro, tais como empresas públicas e privadas, instituições governamentais, pesquisadores, professores, alunos de graduação e pós-graduação, ONGs, associações, federações, dentre outros.

Programação:

9:00 – 9:30 – Recepção

9:30 – 10:00 – Abertura

10:00 – 10:40 – Painel “ Status e Políticas do Biogás”

10:40 – 11:00 - Coffee Break

11:00 – 12:00 – Painel “Políticas do Biogás”

12:00 – 12:30 – Discussões

12:30 – 14:00 – Intervalo para almoço

14:00 – 15:40 – Painel “Produção de Biogás”

15:40 – 16:00 - Coffee Break

16:00 – 17:00 – Painel “Pufiricação do Biogás”

17:00 – 17:50 – Painel “Indústrias”

17:50 – 18:00 - Encerramento

O evento contará com a presença da Universidade de São Paulo, Secretaria de Energia do Estado de São Paulo, ANP, EPE, GeoEnergetica, Abiogas, UFABC, UNIOESTE, Cabot e Usinazul, além da participação de pesquisadores, professores e empresas da Dinamarca.

Data: 24/08/2017

Horário: 9:00 às 18:00

Local: Auditório do IEE (Instituto de Energia e Ambiente) - Universidade de São Paulo - Av. Professor Luciano Gualberto, 1289

 

Treinamento: Fotometria e Radiometria de Luminária para o Projeto Luminotécnico

Data: 
terça-feira, 22 Agosto, 2017 - 13:00 até 17:30

TREINAMENTO FOTOMETRIA E RADIOMETRIA DE LUMINÁRIA PARA O PROJETO LUMINOTÉCNICO

08, 15, 22 agosto 2017 (terças-feira)

Descrição:
O treinamento abordou questões relacionadas a caracterização luminotécnica de fontes de luz, com foco na documentação técnica e utilização de dados fotométricos em softwares aberto/livre para projetos a partir do produto luminária. As grandezas envolvidas serão abordadas em teoria  nas instalações do IEE/USP.

Ministrante
Dr. Elvo Calixto Burini Junior, engenheiro e pesquisador sênior do Serviço Técnico de Iluminação, Condicionamento Ambiental e Desempenho Energético de Edificações da Divisão Científica de Planejamento, Análise e Desenvolvimento Energético do IEE/USP. É atual representante da USP junto ao CAE/AUGM, coordenador brasileiro do projeto binacional CAPES-SPU 48/2013 e coordenador de um projeto de iluminação LED na CUASO.

Foram palestrantes convidados: Prof. Dr. Adnei Melges de Andrade e Prof. Dr. José Roberto Moreira, ambos professores sênior do IEE/USP.

Carga Horária - 16 (dezesseis) horas

Público alvo: engenheiros, arquitetos, técnicos, funcionários municipais, fabricantes, empresas de manutenção e consultoria, cujas atividades estão relacionadas com a iluminação

Investimento
R$ 1.050,00 (um mil e cinquenta reais) . Associado da ABILUX em dia com suas obrigações terá desconto de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) na inscrição.

Conteúdo
Teoria e tópicos relacionados a práticas laboratoriais (em radiometria, fotometria e colorimetria), base para documentação fotométrica e projeto com luminárias (exteriores e interiores)  norteiam a proposta  de treinamento:

1. Base teórica:
    1.1. Grandezas e unidades;
    1.2. Fontes de luz primária e dispositivos auxiliares;
    1.3. Luminárias, diagramas fotométricos e ofuscamento;
    1.4. Radiometria, colorimetria; temperatura de cor correlata; IRC e conceitos correlatos;
    1.5. Normas técnicas e recomendações.

2. Parte instrumental
    2.1. Instrumentos utilizados para fotometria, colorimetria e radiometria;
    2.2. A teoria e as rotinas dos "levantamentos fotométricos".

3. Auxílios por computador
    3.1. Considerações a partir de softwares abertos para o projeto fotométrico e a documentação;
    3.2. Software não proprietário disponível (freeware);
    3.3. Resultados de simulação por software.

 

Treinamento - Colóquio de Inverno 2017: Luminotécnica

Data: 
quinta-feira, 17 Agosto, 2017 - 13:00 até sexta-feira, 18 Agosto, 2017 - 16:00
TREINAMENTO - COLÓQUIO DE INVERNO 2017: LUMINOTÉCNICA
 
14 a 18 de agosto de 2017
13h00 às 16h00
 
Descrição
O treinamento teve por objetivo estabelecer um canal de comunicação entre o ferramental que a academia dispõem e as necessidades do setor produtivo na área de luminárias. Ele será realizado a partir de palestras e discussões com foco centrado em temas como: 
. documentação fotometria para luminárias LED;
. programas para cálculo de iluminação;
. desempenho em serviço do produto luminárias;
. luminária LED para a iluminação pública (de vias), critérios de qualidade e manutenção.
Carga horária prevista de 15 h (quinze horas). 
Treinamento gratuito.
 
Público Alvo
Engenheiros, arquitetos, técnicos, funcionários municipais, empresas de manutenção e consultoria cujas atividades estão relacionadas com a luminotécnica.
 
Esta atividade é desenvolvida no âmbito do Projeto Binacional Capes-SPU 048/2013. Conta com a coordenação do Dr. Elvo Calixto Burini Junio, IEE/USP, tendo como palestrantes argentinos convidados: Prof. Mario Roberto Raitelli, UNT; Eng. Alberto José Cabello, UNT; Prof. Eduardo Roberto Manzano, UNT.
 
Outras informações com o Dr. Elvo Calixto Burini Jr. pelo email elvo@iee.usp.br
 

Seminário Política Nacional de Resíduos Sólidos

Data: 
quarta-feira, 16 Agosto, 2017 - 09:00 até 17:30
A Divisão Científica de Gestão, Ciência e Tecnologia Ambiental do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo e o Observatório da Política Nacional de Resíduos Sólidos - OPNRS realizaram o Seminário:
 
POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS: AVANÇOS E DESAFIOS DE IMPLEMENTAÇÃO E MONITORAMENTO DE RESÍDUOS URBANOS
 
16 agosto 2017
9h00 às 17h30
 
O Seminário no período da manhã teve dois lançamentos e uma mesa de diálogos.
 
i) O livro digital “Política Nacional de Resíduos Sólidos: implementação e monitoramento de resíduos urbanos” que apresenta ao leitor um panorama nacional sobre os avanços, barreiras e possibilidades que se desenham para uma implementação mais efetiva da Política Nacional de Resíduos Sólidos. A publicação é uma iniciativa conjunta do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo - IEE/USP e do Observatório da Política Nacional de Resíduos Sólidos - OPNRS, no âmbito do Acordo de Cooperação Técnica e Acadêmica firmado, em 31 de janeiro de 2017, por meio da Divisão Científica de Gestão, Ciência e Tecnologia Ambiental - DCGCTA e do Instituto BVRio, representando o OPNRS.
 
ii) A Plataforma Digital de Indicadores de Sustentabilidade da Coleta Seletiva - PICS. Esta plataforma está disponibilizada online pelo DCGCTA/IEE/USP para todas as prefeituras municiais e associações/cooperativas de catadores do país, e oferece instrumentos de diagnóstico, planejamento, avaliação e monitoramento da coleta seletiva, a partir de um conjunto de indicadores e índices de sustentabilidade. Esses instrumentos possibilitam o aprimoramento e fortalecimento da gestão mediante utilização de indicadores e de índices de sustentabilidade que podem apoiar a promoção de melhorias socioeconômicas, ambientais e de saúde pública.
 
A mesa de diálogos apresentou um balanço de sete anos de implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos na visão dos vários atores envolvidos com a gestão de resíduos sólidos.
 
No período da tarde, o II Intercâmbio de práticas e ferramentas de gestão de coleta seletiva e de organizações de catadores teve a participação de técnicos e gestores de cooperativas de catadores. A primeira mesa abordou a implementação do plano de gestão de resíduos sólidos na cidade de São Paulo, com ênfase na coleta seletiva e na gestão das megacentrais de triagem da cidade. A segunda mesa tratou de gestão de organizações de catadores na visão de técnicos, apresentará a experiência de coleta seletiva da Itaipu Binacional no Paraná e os indicadores da Plataforma PICS.
 
PROGRAMAÇÃO
 
Abertura do Evento - Lançamento da Publicação e da Plataforma
Ildo Luis Sauer, Vice-Diretor do IEE/USP
Pedro Roberto Jacobi, Chefe da Divisão DGCTA/IEE/USP
Gina Rizpah Besen, Pós-doutoranda IEE/USP, Coordenadora da publicação e da plataforma
Luciana Freitas, OPNRS
 
Mesa de Diálogos: Olhares sobre os avanços e desafios da implementação e monitoramento da PNRS
 Mediação de Ana Paula Fracalanza, IEE/USP 
. Visão da Sociedade, Jacques Demajorovic, Centro Universitário FEI
. Visão da ABRELPE, Gabriela Otero, ABRELPE
. Visão dos Catadores, Roberto Laureano, Movimento Nacional dos Catadores
. Visão do Ministério Público, José Eduardo Lutti, Procuradoria de Justiça do Estado São Paulo
. Visão da Confederação Nacional dos Municípios, Cláudia Lins, CNM
 
Intercâmbio de práticas e ferramentas de gestão de coleta seletiva de organizações de catadores: avanços e desafios - Mesa 1
Mediação de Pedro Roberto Jacobi, IEE/USP  
. Implementação do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos na cidade de São Paulo, Nina Orlow,
. Aliança Resíduo Zero, Rede Nossa São Paulo e Obijetivos do Desenvolvimento Sustentável
. Gestão de produção e coleta seletiva na cidade de São Paulo - as megacentrais, Wilson Santos, Cooper Vira Lata - Central Mecanizada da Ponte Pequena
. Gestão de organizações de catadores - visão dos Catadores, Carlos Henrique Nicolau, Catador/Educador
 
Intercâmbio de práticas e ferramentas de gestão de coleta seletiva e de organizações de catadores: avanços e desafios - Mesa 2
Mediação de Gina Rizpah Besen, IEE/USP 
. Gestão de organizações de catadores na visão de técnicos, Mateus Mendonça, Geral Viveiros de Projetos
. Apresentação da  experiência do Projeto Coleta Solidária da Itaipu Binacional, Marlene Osowki Curtis, Itaipu
Binacional
. Indicadores de sustentabilidade de organizações de catadores, Gina Rizpah Besen, IEE/USP
 
Este evento conta com o Apoio Institucional da GIRAL - Viveiro de Projetos
 

Workshop Uso da Luz pela Sociedade: Avanços Tecnológicos e Impacto na Saúde Humana

Data: 
quarta-feira, 26 Julho, 2017 - 08:00 até 19:00
O Instituto de Energia e Ambiente e o Departamento de Fisiologia do Instituto de Biociências, ambos da Universidade de São Paulo,realizaram o Workshop
 
USO DA LUZ PELA SOCIEDADE: AVANÇOS TECNOLÓGICOS E IMPACTO NA SAÚDE HUMANA
 
26 julho 2017
auditório do IEE/USP - Av. Prof. Luciano Gualberto, 1.289 - Cidade Universitária, São Paulo
08h30 às 19h00
 
Dando continuidade ao workshop realizado em dezembro de 2015 que foi denominado “Contribuição USP ao Ano Internacional da Luz 2015 (IYL - ONU)” e comemorando 30 anos da mudança da sede na Praça Coronel Fernando Prestes para a CUASO, foi realizado em julho o Workshop “Uso da Luz pela Sociedade: Avanços Tecnológicos e Impacto na Saúde Humana”. Em sua parte matutina o evento abordará questões referentes a tecnologia SSL (LEDi) aplicada a iluminação de interiores e exteriores, e a luz, aparentemente branca, que retornou ao CUASO. No período vespertino o foco é voltado a temas relacionados com a saúde humana.
O objetivo foi considerar tópicos relevantes e estabelecer ambiente para discussões sobre temas como fonte de luz em exteriores, interiores e sobre efeitos benéficos e deletérios da luz aos seres humanos. Nosso intuito é fomentar ambiente multidisciplinar, interativo e propenso ao intercâmbio de conhecimentos e colaboração científica.
Vivemos em uma sociedade na qual ocorre um bombardeamento de luzes advindas tanto da iluminação elétrica de ambientes externos e internos, como também da iluminação de telas de computadores, smartphones, tablets, etc. A percepção clássica desse cenário se relaciona geralmente com as facilidades que a luz artificial proporciona aos indivíduos e, muitas vezes, a sensação estética que a iluminação promove. Uma pergunta que vem ganhando grande destaque na comunidade científica e médica reside em qual seria o impacto causado pela superexposição crônica à luz na saúde humana?
Atualmente tem-se proposto que a exposição crônica dos indivíduos à luz durante a noite está associada ao desenvolvimento de uma série de patologias, incluindo câncer, doenças cardiovasculares, depressão, obesidade e diabetes. Contudo, nosso entendimento sobre a gênese dessas doenças ainda é pouco conhecido. Tendo em mente a grande relevância deste tema, o objetivo do evento ora introduzido é promover a integração de profissionais de diferentes áreas do conhecimento possibilitando um ambiente propício para a discussão dos impactos da superexposição à luz na saúde humana bem como estratégias para sua mitigação.
 
 
Programação
 
Manhã
 
. Ganhos com a nova fonte de luz: um processo disruptivo de transformação, Isac Roizenblatt, Abilux
 
. A gestão da iluminação pública no Município de Santo André - experiência acumulada, José Carlos Martinez Melero, Prefeitura Municipal de Santo André, SP
 
 
. Luz branca na iluminação pública da CUASO/USP, Elvo Calixto Burini Jr., IEE/USP
 
 
Tarde
 
. Eixo Imune-Pineal - vantagens e desvantagens da supressão da produção noturna de melatonina, Regina Pekelmann Markus, IB/USP
 
. Paciente xeroderma pigmentosum no Brasil e a luz solar - qual luz do sol?, Carlos Frederico Martins Menck, ICB/USP
 
. Função e relevância do sistema de fotorrecepcão da pele e sua desregulação em câncer de pele: um possível alvo farmacológico?, Ana Maria de Lauro Castrucci IB/USP
 
. Efeitos da urbanização no solo, Claudia Moreno, FSP/USP
 
. Daylight in the living environment: effects on health, Arne Lowden, Stress Research Institute, Universidade de Estocolmo, Suécia
 
. Parâmetros importantes da fotobiomodulação, Daniela de Fatima Teixeira da Silva, UNINOVE
 
. Uso de fontes de luz como terapia para complicações do tratamento oncológico: benefícios X efeitos colaterais em pacientes com câncer de cabeça e pescoço,  Maria Fernanda de Souza Setubal Destro, UNINOVE
 
 
 

Palestra Sustentabilidade Socioeconômica e Ambiental no Setor de Energia

Data: 
quarta-feira, 5 Julho, 2017 - 14:00 até 17:00
O Grupo de Pesquisa em Bioenergia - GBIO/IEE/USP em conjunto com o Research Centre for Gas Innovation - RCGI/USP convidam para a Palestra
 
SUSTENTABILIDADE SOCIOECONÔMICA E AMBIENTAL NO SETOR DE ENERGIA
 
Palestrante: Dra. Rocio Dias Chavez, Imperial College, Reino Unido
 
 
05 julho 2017
14h00 às 17h00
auditório do IEE/USP - Av. Prof. Luciano Gualberto, 1289, Cidade Universitária, São Paulo
 
As diversas áreas de conhecimento relacionadas ao setor de energia são interligadas de forma significativa, em particular neste século, considerando os desafios das mudanças climáticas e da necessidade da redução das emissões de carbono no mundo. Neste contexto, a palestra discutirá aspectos de Sustentabilidade no setor de energia.
 
A Profa. Rocio Dias Chavez atua na área de avaliação de sustentabilidade (economia, ambiental, social e político/institucional) com foco em energias renováveis, em particular projetos de bioenergia na América Latina, África, Ásia e Europa, incluindo impactos das mudanças climáticas. Possui vasta experiência profissional e acadêmica em ferramentas de avaliação de sustentabilidade e gestão ambiental (EIA, SEA, SIA). A partir de seu conhecimento, a pesquisadora abordará na palestra questões referentes ao desenvolvimento sustentável e avaliação de sustentabilidade da bioenergia, indicadores de gestão ambiental, estudos de caso de plantas de biogás e exemplos de projetos na União Européia, além de desafios atuais da biomassa/bioenergia.
 
Este evento é coordenado pela Profa. Dra. Suani Teixeira Coelho, Coordenadora do GBIO/IEE/USP e tem como público alvo estudantes e pesquisadores das áreas de Energia, Bioenergia, Engenharia e Economia, além de outras áreas afins.

 

 

 

Workshop Minirredes de Geração e Sistemas de Armazenamento de Energia Elétrica

Data: 
terça-feira, 27 Junho, 2017 - 09:30 até 17:00
O Instituto de Energia e Ambiente em conjunto com o Grupo de Estudos de Alternativas Energéticas da Universidade Federal do Pará (GEDAE/UFPA) e o Instituto de Energias Renováveis e Eficiência Energética da Amazônia (INCT-EREA) realizaram o Workshop:
 
 
MINIRREDES DE GERAÇÃO E SISTEMAS DE ARMAZENAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA
 
27 junho de 2017
auditório do IEE/USP - Av. Prof. Luciano Gualberto, 1.289, Cidade Universitária, São Paulo
09h30 às 17h00
 
PROGRAMAÇÃO
 
09h30 - Abertura
             Roberto Zilles, LSF/IEE/USP e João Tavares Pinho, GEDAE/UFPA
 
09h45 - Experiência do Grupo de Sistemas Fotovoltaicos do Instituto de Energia Solar da Universidade
             Politécnica de Madrid (UPM) com armazenamento para gestão de demanda em sistemas fotovoltaicos
             Eduardo Lorenzo, UPM
 
10h40 - Infraestrutura do LEP/UNESP - Ilha Solteira, SP: Pesquisas e Ensaios
             Carlos Alberto Canesin, LEP/UNESP
 
11h35 - Infraestruturas laboratoriais do GEDAE/UFPA e do LSF/USP para o estudo de minirredes inteligentes
             em geração híbrida de energia
             João Tavares Pinho, GEDAE/UFPA
 
12h30 - intervalo de almoço
 
14h00 - Testes de inversores híbridos com armazenamento de energia
              Ildo Bet, PHB Eletrônica Ltda.
 
14h55 - Um investimento = Múltiplas funções: desenvolvimento e avaliação técnica, regulatória e econômica de
             sistemas de armazenamento de energia aplicados a sistemas de geração centralizada e distribuída
             Ricardo Rüther, Fotovoltaica/UFSC
 
15h50 - Fornecimento de serviços ancilares com sistemas de armazenamento de energia em sistemas elétricos
             com elevada penetração de geração intermitente
             Roberto Zilles, LSF/IEE/USP
 
16h45 - Encerramento
             Roberto Zilles, LSF/IEE/USP e João Tavares Pinho, GEDAE/UFPA
 
 
SINOPSE
 
Atualmente as minirredes de energia são consideradas pontos chaves para melhorar a confiabilidade e a qualidade da energia, aumentar a eficiência do sistema elétrico como um todo, e possibilitar aos consumidores finais certa independência da rede principal, já que as minirredes podem operar nos modos conectado ou isolado.

Para a utilização prática e eficiente dessas minirredes é necessário o emprego das tecnologias de telecomunicações, de computação e informação, de sensoriamento remoto, automação, controle e operação remotos, e de medição eletrônica, que possibilitem o aumento da quantidade e da qualidade das informações relativas ao desempenho da rede, norteando a tomada de decisões nos diferentes setores do sistema elétrico, inclusive dos consumidores finais. O uso dessas tecnologias introduz o conceito de SMART GRID, ou Rede Inteligente, o que no presente caso pode ser denominado de Minirredes Inteligentes.

No Brasil são poucos os locais com infraestrutura adequada e a expertise para pesquisas em minirredes inteligentes, principalmente em termos de operação das mesmas. A criação de locais apropriados para o desenvolvimento de estudos teóricos e práticos sobre minirredes inteligentes, tendo como base instituições envolvidas com o tema, visa ampliar a capacidade nacional no desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias que atendam às necessidades das minirredes inteligentes e a capacitação de pessoal.

Os palestrantes convidados têm significativa experiência nesses temas e uma longa história de cooperação e desenvolvimento de trabalhos conjuntos nas áreas de fontes renováveis de energia, sistemas híbridos de geração de eletricidade, minirredes isoladas e sistemas conectados à rede, na forma de geração distribuída.

O objetivo do Workshop foi apresentar a infraestrutura laboratorial para pesquisa, desenvolvimento e capacitação de recursos humanos em minirredes inteligentes de distribuição de eletricidade, energizadas por sistemas híbridos de geração, utilizando as fontes solar fotovoltaica, eólica e armazenamento em bancos de bateria, das seguintes instituições: Instituto de Energia Solar da Universidade Politécnica de Madrid, Grupo de Eletrônica de Potência da UNESP de Ilha Solteira, Grupo de Estudos de Alternativas Energéticas da Universidade Federal do Pará, e Laboratório de Sistemas Fotovoltaicos do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo. Também serão apresentados os projetos de armazenamento de energia elétrica do Grupo Fotovoltaica da Universidade Federal de Santa Catarina e do Laboratório de Sistemas Fotovoltaicos  do IEE/USP.

  

 

 

 

Páginas