Perguntas e Respostas

Início >> Museu Virtual >> Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas sobre Lâmpadas

Porque as lâmpadas incandescentes são menos eficientes (por isso consomem mais energia gerando menos luz) que as lâmpadas fluorescentes compactas?

A lâmpada incandescente quando transforma energia elétrica em luz são altamente ineficientes, pois apenas 4% da energia é transformada em luz os outros 96% são geração de calor.
Sua eficiência luminosa é de aproximadamente 13 lúmens por watt.
A lâmpada fluorescente compacta quando transforma energia elétrica em luz, 20% da energia é transformada em luz os outros 80% são geração de calor.
Sua eficiência luminosa é de aproximadamente 60 lúmens por watt.

As lâmpadas incandescentes têm uma vida mediana menor do que uma lâmpada compacta?

Sim, a vida mediana de uma lâmpada incandescentes alimentada com tensão elétrica de 127V é de aproximadamente 750 horas e para a mesma lâmpada alimentada com tensão elétrica de 220V a vida mediana é de 1000 horas.
Para uma lâmpada fluorescente compacta a vida mediana é de 6000 horas, podendo em alguns modelos alcançar 8000 a 10000 horas, independente da tensão elétrica de alimentação.

Uma lâmpada fluorescente compacta pode substituir uma lâmpada incadescente de maior potência elétrica?

Sim, uma lâmpada fluorescente compacta de 20W pode substituir uma lâmpada incandescente de 100W, economizando energia elétrica com o mesmo nível de iluminação.

Como escolher as lâmpadas fluorescentes compactas já que existem vários modelos no mercado?

Escolha sempre as lâmpadas fluorescentes compactas que possuem o selo Procel/Inmetro nas suas embalagens. Essas lâmpadas foram testadas em Laboratório Acreditado pelo Inmetro e obtiveram desempenho superior as lâmpadas que não possuem esse Selo. O IEE/USP através da Seção Técnica de Fotometria é um dos Laboratórios Acreditados pelo Inmetro que realiza periodicamente esses ensaios desde 2002.

Caso uma lâmpada fluorescente compacta com selo Procel/Inmetro apresente defeito em até um ano após a sua compra o que eu devo fazer?

Essas lâmpadas com selo Procel/Inmetro têm garantia contra defeito de até um ano, devidamente comprovada com a Nota Fiscal de compra. Sendo assim, o consumidor deve ir até o ponto de venda onde comprou a lâmpada e trocá-la.

As lâmpadas incandescentes serão proibidas de comercialização no Brasil?

Sim, existe uma Portaria Governamental informando que haverá uma gradativa eliminação das lâmpadas incandescentes até 2016.

Posso descartar as lâmpadas fluorescentes compactas em lixo comum? Por quê?

Não, as lâmpadas fluorescentes compactas possuem em sua composição um metal pesado chamado mercúrio. Esse metal em contato com seres humanos pode provocar vários tipos de doenças.
Atualmente, existem vários Home-Centers que possuem locais específicos para o descarte dessas lâmpadas. Quando uma ou mais lâmpadas estiverem com defeito e fora do período de garantia é aconselhável que os consumidores descartem essas lâmpadas nesses locais, o mais breve possível.

Dicas sobre Lâmpadas

- Ao instalar as lâmpadas fluorescentes compactas gire a lâmpada pelo corpo e não pelo bulbo de vidro.

- Prefira lâmpadas fluorescentes compactas com alto índice de reprodução de cor em locais onde é importante a verificação da cor real dos produtos.

- Evite instalar lâmpadas fluorescentes compactas onde exista alto índice de umidade (banheiros com chuveiros).

- Evite instalar lâmpadas fluorescentes compactas onde houver muitos chaveamentos (liga/desliga).

- Não é recomendável, instalar lâmpadas fluorescentes compactas em banheiros, caso esse local possua chuveiro, que gera um alto índice de umidade, quando em funcionamento.

Fonte: Instituto de Eletrotécnica e Energia. Seção Técnica de Fotometria.

Horário de Verão

O objetivo é reduzir o consumo de energia no horário de pico, que vai das 18h às 21h. Nesse período o consumo residencial, com lâmpadas e chuveiros ligados, coincide com o das indústrias, do comércio e com a iluminação pública.
As regiões Norte e Nordeste não entram porque, por estarem perto da linha do Equador, não apresentam muita diferença na incidência de luz natural entre dias de inverno e verão. Assim, com dias mais longos, a coincidência no consumo de energia é bem menor.
Além do horário de verão, há outras formas de evitar o desperdício de energia:

- limpar todas as lâmpadas periodicamente;
- sempre que possível, facilitar a entrada de luz natural;
- verificar a eficiência da borracha da porta da geladeira, para evitar entrada de calor e
- optar por eletrodomésticos com selos Procel ou Energy Star, que garantem menor consumo de energia.

Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/energia/horario-verao-com...

O que são Raios?

A descarga atmosférica é uma descarga elétrica, de origem atmosférica (fenômeno natural) que ocorre geralmente entre uma nuvem e a terra, consistindo de um ou mais raios.
Os raios ocorrem porque as nuvens se carregam eletricamente.
A altíssima temperatura da descarga elétrica acarreta uma forte expansão do ar na sua proximidade gerando um som altíssimo conhecido por trovão e é gerada uma intensa luminosidade conhecida também, por relâmpago.

Perguntas e Respostas sobre Raios

É perigoso tomar banho em chuveiros elétricos durante as tempestades?

Sim. O chuveiro elétrico é alimentado pela rede elétrica e se um raio cair próximo ou sobre a mesma pode-se haver o aparecimento de "tensões" perigosas na fiação e a pessoa que está tomando banho pode levar um choque elétrico.

Existe perigo em manusear aparelhos elétricos e telefônicos durante as tempestades?

Sim, pelo mesmo motivo apresentado no caso de tomar banho. Os aparelhos elétricos e telefônicos estão ligados a fios, que podem ter suas "tensões" elevadas quando há queda de um raio sobre ou perto das redes telefônicas e elétricas, ou mesmo no caso de uma descarga elétrica que caia sobre a casa.

Tem como se proteger contra descargas atmosféricas - raios?

Sim. A adoção de medidas de segurança pessoal diminui bastante os perigos ocasionados pelos raios. Grande parte dos acidentes acontece com pessoas que estão em locais descampados. Dificilmente temos acidentes com pessoas dentro de edificações.

É possível proteger equipamentos elétricos e telefônicos contra raios?

Sim. Existem protetores especiais que devem ser instalados nas tomadas e nos telefones. Em dias de tempestade é aconselhável desligar os equipamentos das tomadas, casos estes não estejam protegidos por estes dispositivos.

Quando houver tempestades com raios:
- Evite ficar em locais descampados e descobertos;
- As casas, edifícios, galpões, carros, ônibus e trens, em geral, são locais seguros;
- Dentro de uma edificação, ficar afastado (no mínimo um metro) de paredes, janelas, aparelhos elétricos e telefônicos;
- Evite tomar banho em chuveiro elétrico e operar aparelhos elétricos e telefônicos;
- Ficar em baixo de uma árvore alta e isolada é muito perigoso, no entanto, se não houver um abrigo protegido ficar em uma mata fechada é menos perigoso;
- Se estiver em local descampado, não carregue objetos longos, tais como guarda-chuva, vara de pescar, enxada, ancinho, etc;
- Não entre dentro de rios, lagoas e mar;
- Não utilize trator ou qualquer máquina agrícola que não tenha cabine metálica fechada;
- Evite ficar perto de cercas e estruturas elevadas (torre, caixa d'água suspensa, árvore alta, etc.);

É possível proteger casas e edificações contra raios?

Sim. A norma brasileira NBR 5419 - Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas - 2005, estabelece os critérios e procedimentos para a instalação de um Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas em casas e edificações.

Caem mais raios em locais rochosos?

Não existe evidência científica de que o tipo de terreno influencie no número de raios que caem. O que sabemos é que em locais elevados caem mais raios de que em locais mais baixos.

Redes elétricas que cortam fazendas aumentam os riscos com raios?

Um raio que cai sobre uma rede elétrica, provavelmente cairia no mesmo local do terreno, mesmo se não existisse essa rede. Como a rede elétrica se destaca, ou seja, costuma ser um ponto elevado sobre o terreno, raios que iriam cair no solo ou sobre árvores acabam caindo sobre a rede. O perigo que a rede elétrica traz é devido ao fato dela estar ligada à instalação elétrica de casas e edificações. Um raio que cai na rede elétrica ou nas suas proximidades acaba provocando o aparecimento de "voltagens" perigosas na fiação das edificações.

É possível proteger equipamentos elétricos e telefônicos contra raios?

Sim. Existem protetores especiais que devem ser instalados nas tomadas e nos telefones. Em dias de tempestade é aconselhável desligar

Verdades ou Superstições?

Um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar?

Sim. As estruturas elevadas, por exemplo, são atingidas várias vezes por raios.

É perigoso segurar objetos metálicos durante as tempestades?

Sim e não. Segurar objetos pequenos, como uma tesoura ou alicate, não provoca risco. No entanto, carregar um objeto metálico, ou até mesmo um ancinho ou outra ferramenta metálica em um local descampado pode oferecer riscos.

É preciso cobrir os espelhos durante as tempestades, pois eles atraem os raios?

Não. Até hoje não foi comprovada nenhuma relação entre os espelhos e os raios.

Fonte: http://www.mundociencia.com.br/fisica/eletricidade/raios.htm
Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. Diretoria de Potência.