Rede GASBRAS

Em agosto de 2013 o Instituto de Energia e Ambiente foi escolhido pelo Ministério da Ciência e Tecnologia para liderar a Rede de Pesquisa e Desenvolvimento em Gás Não Convencional do Brasil – GASBRAS. O IEE coordenou a elaboração de um projeto, com duração de 3 anos, para a criação da rede, objeto de encomenda vertical da Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP. Além do IEE-USP, este projeto conta com a participação de cinco Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia, a saber:

1) Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Técnicas Analíticas Aplicadas à Exploração de Petróleo e Gás – INCT-PETROTEC (coordenador: Prof. Dr. Colombo Celso Gaeta Tassinari, USP; instituições participantes: USP, UFRGS, UFPA e UnB);

2) Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Geofísica do Petróleo – INCT-GP (coordenador: Prof. Dr. Milton José Porsani, UFBA; instituições participantes: UFBA, UFRN, UFPA, UNICAMP e UENF);

3) Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Energia e Ambiente – INCT E&A (coordenador: Prof. Dr. Jailson Bittencourt de Andrade, UFBA; instituições participantes: UFBA, UFPR, UFSC, SENAI/CIMATEC, UNICAMP, UEFS, UEL,  UESB, UESC, UNIT, UFMG, UFS, UFABC, UFRB, UFRJ e UFRGS);

4) Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Óleo e Gás – INOG (coordenador: Prof. Dr. René Rodrigues, UERJ; instituições participantes UERJ, PUC-RIO, UENF, UFF, ON; EMBRAPA e UFPE);

5) Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – Recursos Minerais, Água e Biodiversidade - INCT-Acqua (coordenadora: Profa. Dra. Virgínia Sampaio Teixeira Ciminelli, UFMG; instituições participantes: UFMG, IIEGA, UFV, CDTN/CNEN, CEFET/MG, UFJF, UFSJ, UFCe, UFVJM e PEMM/SECTES-MG).

Integram também a proposta dois centros de pesquisa no país com experiência em desenvolvimento de grandes projetos na área de gás não convencional, o Laboratório de Análises de Carvão e Rochas Geradoras de Petróleo, do Instituto de Geociências, UFRGS (coordenador: Prof. Dr. Wolfgang Kalkreuth) e o Centro de Excelência em Pesquisa e Inovação em Petróleo, Recursos Minerais e Armazenamento de Carbono da PUCRS (Coordenadores: Prof. Dr. João Marcelo Medina Ketzer e Roberto Heeman).

São instituições participantes de todas as regiões do país, com pesquisadores altamente qualificados e que já desenvolvem pesquisas no tema do gás não convencional no Brasil. Além disso, contam com laboratórios de alta capacidade já instalados e com profissionais de comprovada competência e com reconhecimento internacional.

A proposta tem como objetivo central o estabelecimento de uma rede nacional de pesquisa para estudar a melhor forma para o desenvolvimento da indústria do gás não convencional no Brasil, a Rede de P&D em Gás não convencional no Brasil (GASBRAS). Ela abrange estudos nas diversas fases que envolvem o aproveitamento econômico de forma sustentável de gás não convencional, desde a avaliação das reservas disponíveis, passando pelas técnicas de exploração, produção e distribuição, do desenvolvimento de técnicas para a preservação ambiental e da formulação de políticas públicas, até a regulação e aspectos sociais. O foco principal de estudos da rede será o gás de folhelho (shale gas, ou folhelhos gasógenos) - erroneamente designado de "gás de xisto" no Brasil - mas serão avaliadas também as ocorrências de metano contido nas camadas de carvão (coalbed methane), incluindo os folhelhos carbonosos associados, e gás em reservatórios de baixa permoporosidade (tight gas), pelo fato dos três tipos de jazimento ocorrerem nas principais bacias interiores do Brasil, objeto do presente estudo.

O projeto contempla, portanto, uma fase inicial de avaliação, incluindo a realização de pelo menos uma sondagem por bacia a ser estudada para amostragens, e que culminará com a seleção de áreas para a execução de uma ou mais sondagens para experimentos pilotos de estimulação por fraturamento hidráulico, estas objeto de uma segunda fase do projeto, objeto de proposta ser apresentada futuramente. A realização das sondagens para experimentos pilotos de estimulação é essencial para a demonstração, com transparência e visibilidade, aos órgãos públicos, privados e do terceiro setor de todas as etapas envolvidas, compreendendo a geologia, geofísica, avaliação ambiental, tecnologia de produção e escoamento e regulação, para escrutínio por parte de todos os segmentos da sociedade. As sondagens para experimentos de estimulação comporão o corpo central da segunda fase do projeto. Além disso, a equipe do IEE-USP produziu relatórios, artigos científicos e eventos relativos às metas de Tecnologia de Produção, Escoamento e Logística; Regulação e Mercados; e Divulgação. Em janeiro de 2021, a Rede GASBRAS recebeu um aporte do CNPq e os concluiu seus projetos em Maio de 2021.

Principais produtos desenvolvidos pela Equipe IEE/USP

Relatório Final da REDE GASBRAS (em breve): este relatório sintetiza os resultados de todos os membros da Rede GASBRAS.

Atlas GASBRAS (em breve): esta publicação compila as informações e ilustrações sobre as equipes e laboratório que integraram a Rede GASBRAS.

E-book (em breve): este livro compila alguns dos melhores trabalhos produzidos pelos Bolsistas do CNPq ao longo do primeiro semestre de 2021.

Caderno FGV Recursos Não-Convencionais no Brasil: novas óticas de desenvolvimento regional (clique aqui - link externo): este trabalho foi um produto desenvolvido em conjunto por pesquisadores da Rede GASBRAS e FGV Energia e traz uma pesquisa extensa sobre as condições atuais da exploração de recursos não convencionais no Brasil.

Equipe IEE-USP: Abaixo estão disponíveis para download os relatórios detalhados sobre cada uma das metas que a Equipe IEE-USP desenvolveu.​ Disponibilizamos também o Protocolo de Boas Práticas Regulatórias para Exploração de Recursos não Convencionais (clique aqui), em que trazemos recomendações para regulação, baseados nos aprendizados obtidos pela equipe.

  1. Relatório Comunicação (clique aqui)
  2. Relatório Indústria Local (clique aqui
  3. Relatório Logística (clique aqui) - Anexo 1. Planilha de Cálculo de Custos (clique aqui) - Anexo 2 - Manual de Utilização da Planilha (clique aqui)
  4. Relatório Mercados (clique aqui)
  5. Relatório Recursos Hídricos (clique aqui
  6. Relatório Regulação (clique aqui
  7. Relatório Segurança Operacional (clique aqui)

Teses, Dissertações e Trabalhos de Conclusão de Curso

Renata Rodrigues de Araújo, Aspectos regulatórios e institucionais do desenvolvimento de gás não convencional: uma análise comparativa entre Brasil e Estados Unidos, 2016.

Haline de Vasconcellos Rocha. Estudo geológico do potencial de exploração e produção de gás natural não convencional na bacia do Paraná: avaliação da viabilidade no abastecimento da usina termoelétrica de Uruguaiana (RS). São Paulo, 2016. 

MASULINO, Nathália Weber Neiva. Armazenamento geológico de carbono em reservatórios não convencionais na Formação Irati da Bacia do Paraná estimativas de capacidade de injeção de CO2 e custos associados. 2020.